Preservação e proteção de recursos naturais renováveis

Os recursos naturais são elementos essenciais à existência do ser humano e à manutenção da vida. Nós, diariamente, buscamos satisfazer nossas necessidades e para isso recorremos ao meio ambiente e ao que ele nos fornece.

São considerados recursos naturais tudo aquilo que é necessário ao homem e que se encontra na natureza, dentre os quais podemos citar: o solo, a água, energia oriunda do Sol, as florestas, os animais, dentre outros. Os recursos naturais são classificados em dois grupos distintos: os recursos naturais não renováveis e os recursos naturais renováveis.

Os recursos naturais são também fundamentais para o desenvolvimento econômico, visto que muitos apresentam viabilidade econômica. Contudo, nem todos esses elementos podem ser utilizados na forma que são retirados da natureza, precisando, portanto, passar por um processo de transformação e beneficiamento para que seja utilizado.

É necessário salientar que essa importância econômica que esses recursos possuem acabam por lhes fornecer um valor e um consequente preço, como uma tentativa de além de inseri-los nos mercados para acumulação de capital e de protege-los para evitar sua escassez no contexto socioeconômico global.

Contudo, ao longo dos anos, os recursos naturais passaram a ser explorados e utilizados de maneira irracional e sem o cuidado necessário para a manutenção deles. Entretanto, atualmente, há uma grande preocupação por parte da sociedade, governantes e da comunidade científica a respeito da preservação dos recursos naturais.

 

O que são recursos naturais renováveis?

Recursos renováveis são qualquer tipo de recurso que pode ser regenerado a uma taxa pelo menos igual à velocidade com que a humanidade pode consumir esse recurso.

Os recursos naturais renováveis são aqueles que se renovam na natureza, existindo em abundância. Normalmente, esses recursos não se esgotam com facilidade devido ao tempo de renovação e sua facilidade de regeneração.

Contudo, a velocidade e a forma como são utilizados pelo homem são determinantes para a sua manutenção na natureza. Com o desenvolvimento da economia, infelizmente caminhamos a passos largos para a extinção ou escassez de muitos desses recursos.

Um recurso renovável, essencialmente, tem um suprimento infinito, como energia solar, energia eólica e pressão geotérmica.

Os recursos naturais renováveis detêm a capacidade de renovação após serem utilizados pelo homem em suas atividades produtivas. Os recursos com tais características são: florestas, água e solo. Caso haja o uso ponderado de tais recursos, certamente não se esgotarão.

Entretanto, a água pode ser poluída, o solo contaminado e as florestas devastadas. Desta forma, ainda que possuam alguma capacidade de recuperação, é indispensável o equilíbrio e a racionalidade no consumo e no uso desses recursos.

 

Importâncias da preservação dos recursos naturais

Admitindo os meios de produção e consumo da sociedade contemporânea, os recursos naturais ganham ainda mais importância em nosso dia a dia.

A água, por exemplo, que é indispensável para a sobrevivência de todos os seres vivos também tem uma importante função nas mais variadas indústrias e no agronegócio, por exemplo. Assim, a preservação dos mananciais hídricos não diz respeito somente à vida, mas também a saúde da economia.

As florestas que nos fornece oxigênio e captam o gás carbônico da atmosfera, sendo fundamentais para a manutenção da vida na terra necessitam, cada vez mais, de políticas púbicas que garantam sua conservação de modo a continuar prestando esses serviços essenciais para a humanidade.

O solo fértil e agricultável é fundamental para a alimentação humana. É dali que retiramos todos os nutrientes necessários para continuarmos vivos. Desta forma, é imperativo zelarmos por sua integridade.

Uma coisa nunca é demais lembrar: os recursos naturais só existem enquanto sistema. Não existe solo sem floresta, floresta sem água e vida sem nenhum deles. É o equilíbrio do sistema planetário que permite o desenvolvimento da humanidade. O clima, a água, os animais, as matas e tudo que nos permite viver pode ser drasticamente modificado caso haja algum desequilíbrio, que é o caso das mudanças climáticas, por exemplo.

Mais importante que entendermos o que é um recurso natural é termos a plena noção do quanto eles são importantes para nossas vidas. Assim, tendo essa consciência, a educação ambiental deixará de ser apenas uma matéria e a colocaremos em prática todos os dias, modificando hábitos e ajudando diretamente para o bem estar de todos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *