Revista Página22 :: ed. 09 (junho/2007)

COMPARTILHE

EDITORIAL - O poder público de cada um

O desvio de recursos que seriam destinados a obras públicas, envolvendo gente graúda do poder, vem reforçar a descrença do cidadão com a política. As denúncias, entretanto, surgem ao mesmo tempo que um movimento apartidário busca arregimentar forças de toda a sociedade – incluindo o poder público – para transformar as condições de vida no maior centro urbano do Hemisfério Sul, a cidade de São Paulo.

Ícone urbano, São Paulo é síntese do sonho e do pesadelo da civilização, onde milhões de pessoas agrupadas se vêem diante do desafio de equilibrar homem e natureza e usar as forças econômicas e políticas a favor de uma sociedade mais sustentável. Mais que rever a maneira de se organizar e viver em coletividade, o movimento, intitulado Nossa São Paulo: Outra Cidade, é uma chamada para reatar o público e o privado, o cidadão e seu representante, o local e o global.

Nesta edição, Fernando Henrique Cardoso aponta as divergências entre política e sustentabilidade. Com interesses específicos e visão limitada ao aqui e agora, as decisões na esfera do poder deixam de cumprir princípios do bem comum e universal. E assim continuarão enquanto o cidadão, contribuinte e eleitor, não se perceber forte o suficiente para provocar mudanças e traçar o próprio destino.

E enquanto não assumir para si o lema da cidade de São Paulo, “Não sou conduzido, conduzo” – transformando uma máxima elitista, de minorias que pretendem se impor sobre a sociedade, em poder e liberdade exercidos por todos, nas praças públicas, concretas e virtuais, do mundo contemporâneo.

Boa Leitura

Acesso à publicação


Mais Lidos

Nenhum post encontrado.